A importância do propósito e estratégia para formar equipes que somam

alice

Alice: “Você pode me ajudar?”

Gato: “Sim, pois não.”

Alice: “Para onde vai essa estrada?”

Gato: “Para onde você quer ir?”

Alice: “Eu não sei, estou perdida.”

Gato: “Para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve.”

Quantas empresas, gerências e pessoas se encontram atualmente como a Alice, sem saber para onde devem ir? Quando não temos um objetivo, é mais difícil reconhecer quais são as melhores estratégias a priorizar em um contexto.

Para ajudar pessoas e organizações a transformarem sonhos em realidade, existe uma competência já difundida principalmente entre grandes organizações, conhecida como Planejamento Estratégico. Atualmente, pequenas empresas, gerências de grandes corporações e até mesmo pessoas se beneficiam com os ganhos de aumentarem seu grau de consciência sobre seus talentos, definindo metas e construindo planos.

estrategia.png

Para aqueles interessados em definir um propósito para suas carreiras, ou mesmo em suas Vidas, seguem alguns conselhos que o gato poderia ter compartilhado com a Alice:

visi

  1. Visão – é o sonho grande que se almeja alcançar. A visão é uma imagem vívida de um estado futuro ambicioso e desejável, e que seja melhor em algum aspecto importante do que o existente hoje. Tem o poder de motivar e inspirar. A visão deve ser clara, envolvente, fácil de memorizar, compatível com os valores, ligada às necessidades das pessoas com quem nos relacionamos, e vista como um desafio, ou seja, difícil, mas não impossível. Ela precisa ser positiva, pois todo o ser humano se sente feliz quando realiza algo de bom e construtivo. A visão é estabelecida sobre as finalidades de um sistema (as funções fundamentais de uma empresa, ou os valores de uma pessoa), e corresponde à direção suprema. É o grande sonho do futuro e serve como um rumo geral. E atenção, uma visão desconectada de um propósito compartilhado e vocação genuína será apenas um belo texto, muitas vezes pendurado em um quadro ou num site cheio de bossa.

image

  1. Missão – consiste na razão de existência de um sistema e na delimitação de suas atividades dentro do espaço que deseja ocupar em relação às oportunidades de realização. É o objetivo de sua atuação no presente, uma declaração de propósito que individualiza e distingue o sistema e sua razão de ser em relação à concorrência (outras empresas, gerências, pessoas, etc). Dentre os possíveis componentes da Missão, podem estar: Produtos e Serviços, Mercados, Tecnologia, Filosofia, Clientes/Consumidores/Usuários, Preocupações com a Sobrevivência e o Crescimento, Preocupação com a Imagem Pública, Preocupação com os Empregados suas Forças e valores.

val

  1. Valores – As crenças e valores são normas, princípios ou padrões sociais aceitos ou mantidos por um indivíduo, empresa, sociedade, etc. As crenças e valores centrais devem ser simples, claros, diretos e poderosos. As empresas visionárias tendem a ter apenas alguns valores centrais, normalmente entre três e seis. Para elaborá-las é necessário 100% de autenticidade. O que distingue as crenças dos valores é o fato de as primeiras terem sido estabelecidas pelo fundador da empresa, enquanto os valores são seguidos pelos membros da organização, ajustando as convicções do fundador de acordo com as necessidades de cada contexto de negócio. As crenças e valores criam diferencial competitivo, balizam a estratégia, orientam o comportamento, o recrutamento, seleção e treinamento de funcionários, e fundamentam a avaliação do negócio.

image

  1. Vantagens competitivas – são as características internas do sistema que as diferenciam dos “concorrentes” (outras empresas, outras gerências, outros profissionais, etc). Elas referem-se a elementos como: Produtos e Serviços, Mercados,Tecnologia, Filosofia, Rede de Clientes/Consumidores/Usuários, Processos e Estrutura, Relacionamento com os stakeholders.

swot
Uma vez definido esse norte de propósitos, temos o contexto adequado para estabelecer quais são as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças sobre as quais serão construídas as estratégias e objetivos de longo prazo, e são analisadas com o auxílio da análise SWOT. Enquanto as forças e fraquezas referem-se a elementos inerentes ao sistema (empresa, gerência, pessoa, etc) em análise, as oportunidades e ameaças são elementos externos, e que podem facilitar ou dificultar o alcance dos objetivos deste sistema.

mt
Uma equipe de alto desempenho se estabelece a partir desse norte comum de objetivos e da correta divisão de papéis e responsabilidades para alcançá-los. Finalmente, a gestão deve monitorar periodicamente o cumprimento dos planos estabelecidos, comunicando os avanços, padronizando os acertos, modificando o que for necessário, e ao final, celebrando a conquista que certamente ocorrerá caso todos estejam engajados com a mudança.

E você, que propósito inspira a trabalhar e viver com mais satisfação? Comece simples, dialogue com o sistema do qual você participa, e seja protagonista na sua mudança, em breve grandes conquistas serão alcançadas.

André Luiz Dametto apoia pessoas a transformar vocações em conquistas

Sobre André Luiz Dametto

Apaixonado por aprender e criar. Às vezes professor e consultor, outras artista ou flâneur, mas livre, sempre..
Esse post foi publicado em Coaching, Educação, Equilíbrio Pessoal e Profissional, Gestão, Prosperidade, Qualidade de Vida, Talento e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s