Vida é movimento

                                               

Uma das premissas que estou usando no trabalho de mestrado é que o ser humano é constituído de cinco corpos: físico, energético, emocional, mental e espiritual. As diversas religiões e filosofias costumam fazer esta categorização, mas cada uma utiliza uma nomenclatura. A Igreja Católica Apostólica Romana classifica o ser humano em “corpo e alma”. O Espiritismo kardecista, por sua vez, afirma que o ser humano é composto de “corpo, perispírito e espírito”.

No meu estudo optei pela abordagem da filosofia clássica do Oriente, que entende o ser humano visto como um ser único e total – como é encarado holisticamente, e tem suas funções físicas, energéticas, emocionais, mentais e espirituais interligadas, influenciando umas as outras. Nossos corpos, incluindo o físico, são como um sistema de encanamentos por onde circula energia. Havendo alguma obstrução no sistema, o que sempre há, a energia não circula adequadamente, resultando numa interrupção do fluxo energético. Leia-se: dores de cabeça, couraças, doenças, desânimos, depressões, etc etc etc

Estou passando por aquele período chamado Neurose do Mestrando. Faltando três meses pra eu apresentar o resultado final, meus arroubos perfeccionistas e controladores ficam teimando em aparecer, mas resolvi aplicar em mim mesmo a premissa que usei na tese: isso é fluxo de energia interrompida. E realmente, estava super cômodo dizer que não podia malhar, conhecer gente nova, paquerar, etc etc etc por causa do mestrado. Caramba, assim a gente entende mesmo de onde vem a neurose hehehe.  

Bem, hoje dei um primeiro passo. Voltei a malhar, não está legal receber bom dia da minha barriga proeminente. Engraçado que na fase crítica da vitimização a gente até tenta se convencer de que barriguinha é coisa de intelectual, dá até algum apelido carinhoso pra “maledeta”, mas fala sério: não gosto de barriga, e ponto! Foi bom retornar à academia, encontrar a galera do passado, ver gente nova, ver a geração X e Y malhando é muito interessante, em vários sentidos.

Hoje outra experiência interessante que tive foi dar aula na Universidade da Aeronáutica, lá no Campo dos Afonsos. Eu levei uma hora pra chegar lá, mas valeu a pena: tema interessante, alunos interessados, e no final me sissi, rolou até diploma de professor visitante. Caramba, as coisas estão acontecendo, vale a pena investir em si mesmo e deixar Deus operar.

Aproveito o post pra lhe convidar pra participar de uma Oficina de Criatividade que vou realizar com alunos de um pré-vestibular comunitário, querendo mais informações me escreva. E na próxima terça-feira daremos início ao I Grupo Virtual de Coaching, se você se interessa por esse tema também, é só se inscrever no site a seguir: www.aulavox.com/eventos_2006/_setembro/encontro/coaching1909.htm

É galera, isso é Vida em movimento, não é a tôa que hoje estou me sentindo super bem. Como diz uma frase muito legal, não existe Vida feliz, existem momentos feliz, e adivinha quem faz acontecer estes momentos?

                                       

Abs, André Dametto

Sobre André Luiz Dametto

Apaixonado por aprender e criar. Às vezes professor e consultor, outras artista ou flâneur, mas livre, sempre..
Esse post foi publicado em Coaching, Comunicação, Minhas histórias, Pensamentos, Qualidade de Vida e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s