Bom dia Vida!

Ontem tive a felicidade de assistir a um espetáculo de extrema inteligência e leveza, protagonizado por uma atriz-poeta-mãe-gentecomoagente de primeiro quilate: Elisa Lucinda. O nome da peça (ou seria terapia de grupo) é Parem de Falar Mal da Rotina, em que a atriz destaca a importância de reconhecermos a riqueza escondida atrás de cada bom dia, amanhecer, pizza com os amigos, e que habituamos a chamar de rotina por facilidade ou esquecimento. A gente sai do espetáculo como se tivesse exorcisado alguns fantasmas, preconceitos, e torce pra instalar este estado pra sempre…

Ao acordar hoje me vi dando bom dia para o céu azulado que nos sorria, e fiquei feliz ao ver um monte de gente com camisa laranja correndo na pista do Aterro. Sinal dos novos tempos, geração saúde, competição, patrocínios de marcas poderosas… Mas o lado positivo era ver pessoas correndo, em grupos, ou sozinhas, mas com alguma boa intenção, literalmente estavam saindo da rotina. Cheguei a pensar que era hora de correr também, mas corro tanto no dia a dia que preferi sentar para ler minhas necessidades do mestrado. 

Outra coisa que gosto muito de fazer aos domingos é dormir, como é bom dormir!!! O engraçado é que sempre acordo ansioso, mas no domingo a gente tem o álibi de que podemos dormir ainda um pouco mais, e vamos vendo que ansiedade é uma construção, um viver antecipado, quando temos tanto presente aqui pra ser vivido. Mandei a ansiedade pra casa do c… Quero aprender a fórmula para os dias de semana. Quando acordei fui ao CCBB, e lá é outro templo que costumo frequentar. Ja falei do Parque Lage, mas tem também o CCBB, a Oratória Rogéria Guida, o Instituto Moreira Salles, a minha casa… Quando der falo desses lugares todos.

Então, no CCBB tem uma exposições interessantíssimas, a de hoje é do artista plástico indiano-britânico Anish Kapoor , que através de arte brinca com formas, formatos, confesso que fiquei meio tonto às vezes.

Depois assisti à uma contação de histórias muito legal, baseada no conto O Velho e o Mar, de Ernest Hemingway. Apesar de falar da relação entre o homem e o mar, o texto transcende a literalidade e fala de assuntos tão contemporâneos como a batalha diária, perseverança e o poder da sorte.

Há pouco fiquei sabendo do sequestro do jornalista da Rede Globo, e pelo visto estão admitindo o que já estava claro a tempos: vivemos guerra civil sim, com números mais sérios que confrontos entre israelenses e palestinos. O mais triste é ver que o tempo inteiro se fala em soluções sintomáticas, como libertar sequestrados, preparar aeroportos para o caos, mas e a solução, na causa do problema, por que ninguém promove este debate? A impressão que dá é que realmente desejam instalar um estado de pânico, talvez assim fiquemos vendo mais TV dentro de casa, consumindo mais produtos vistos nos comerciais. Porque talvez entrar sério no mesmo implique questionar o conteúdo que a própria TV mostra (dramatização, vitimização, consumismos exagerado, exclusão, comoditização humana, dentre outras misérias). Bem, escrever um blog é um ato de transformação. Começa com cada um de nós a mudança, seja agindo com ética, respeitando as pessoas independente de raça, cor, orientação sexual, condição financeira ou seja lá qual for a estratificação maluca que inventem pra segregar o homem. Também acho hipocrisia querer ajudar o OUTRO quando ainda não estamos nos ajudando verdadeiramente, buscando a consciência, o autoconhecimento. Se quer ajudar o mundo, seja alguém melhor para o mundo. Tem uma frase atribuída a Gandhi que fiz: seja a mudança que você quer pro mundo.

Bom dia Vida! É assim que a gente merece se tratar a cada dia, pois a Vida somos nós,  ela é uma grande potencial pra ela ser o que você puder e quiser fazer… Hmmmm, achou estranho o que eu disse? Algum pensamento crítico passou pela sua cabeça? Bom sinal, são as crenças, e assim como um belo dia ensolarado, podem passar despercebidas por nós, papo pra outro blog!

Abração, André

Sobre André Luiz Dametto

Apaixonado por aprender e criar. Às vezes professor e consultor, outras artista ou flâneur, mas livre, sempre..
Esse post foi publicado em Comunicação, Pensamentos, Prosperidade e marcado , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Bom dia Vida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s